Normalmente isto é impossível, salvo se a empresa não tem dívidas com impostos ou estes estão prescritos. Fora esses casos, o certo é pagar ou transferir a dívida para os sócios, para então dar baixa de sua empresa.

Este é um dos principais motivos de existirem no Brasil 3,7 milhões de empresas com CNPJ ativos, mas sem atuarem, segundo pesquisa da Endeavor.

Deixar sua empresa aberta esperando a prescrição dos impostos é uma ilusão, pois ao deixar de cumprir alguma exigência, inclusive uma acessória, irá acarretar várias multas. Vide obrigações acessórias em: https://bit.ly/32BZ1wu

Apesar das complicações existentes, listamos um passo a passo para dar baixa na empresa:

  1. Elaboração do distrato social;
  2. Verificação da existência de débitos previdenciários;
  3. Obtenção do certificado de regularidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS);
  4. Realizar a baixa nas esferas municipal e estadual;
  5. Obter certidões de tributos no âmbito federal;
  6. Arquivar documentos na Junta Comercial;
  7. Proceder à baixa no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Precisando de uma ajuda pode nos contatar.

 

REFERÊNCIAS:

A Importância de Extinguir a Empresa Corretamente

Encerrar empresa: Saiba como fazer de forma legal

https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/passo-a-passo-para-fechar-uma-micro-ou-pequena-empresa,dea1d455e8d08410VgnVCM2000003c74010aRCRD.

https://blog.contaazul.com/fechar-empresa-passo-a-passo.

https://revistapegn.globo.com/Administracao-de-empresas/noticia/2017/09/brasil-tem-37-milhoes-de-cnpjs-zumbis-e-86-das-empresas-operam-com-irregularidades.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *